Booking.com
//É Proibido Fumar… Pelo Menos o Tabaco

É Proibido Fumar… Pelo Menos o Tabaco

Butão, oficialmente Reino do Butão, é um país interior localizado no sul da Ásia, no extremo leste dos Himalaias. Faz fronteira a norte com a China e para o sul, leste e oeste pela Índia. E se você é adepto a um cigarrinho ora ou outra, sinto em dizer que o Butão não é o país ideal para você, visto que foi o primeiro país do mundo a banir totalmente o tabaco, e, acredite se quiser, vender cigarro é considerado crime neste pequeno reino do Himalaia.

O Buda gigante olhando para Thimphu, Butão

Viajar para o Butão é se transportar para outro universo, no qual a singeleza local revela um ambiente quase que intocável pelos homens.  O país conhecido como Druk Yul (Terra do Dragão, na língua local Dzonga) é comumente descrito como a última Shangrilá.

Booking.com

Diante da globalização, esse pequeno país resiste. Suas tradições são mantidas intocáveis. Restaurantes de fast-food, outdoors das grandes marcas, entre outras tantas imagens tão comuns no Ocidente, não são vistos neste paraíso  no extremo leste dos Himalaias.

Mais de 70% do território do país é totalmente preservado. As paisagens tendem a ser sempre algo de tirar o fôlego. Rios de águas limpas e transparentes, montanhas imensas com picos nevados e florestas.

A cultura Butanesa está ainda bastante preservada, seja na sua língua natal, na religião Budista, nas danças e cantos, na comida, em esportes como o arco e flecha e dardo e principalmente na forma de se vestir.

 

      

Os butaneses são um povo que trabalham muito, que vivem para cuidar dos infinitos campos e das criações de animais, mas isto não os tornou obcecados pelo acúmulo de riqueza e muito menos os fez perder o contato com aquilo que para eles é mais importante como a vida em comunidade e os muitos festivais religiosos que ocorrem ao longo do ano, como o Festival de Tshechu, uma celebração religiosa que reúne cantos budistas, danças, fantasias e máscaras

Sem dúvida o Butão é um país singular, com um povo amabilíssimo, paisagens deslumbrantes, cultura  e espiritualidade sem par, tornam esse pequeno país, um dos lugares mais desejados para a visitação, no entanto, os butaneses se cercam de cuidados. Os turistas são limitados e o mundo moderno entra paulatinamente.

 

Por Rosana Soares – Redatora de Conteúdos