Booking.com
//As Belezas da Princesinha do Nordeste

As Belezas da Princesinha do Nordeste

Quando falamos “Vou viajar para o nordeste!”, destinos como Salvador, Fortaleza ou Recife sempre passam pela mente da maioria dos brasileiros, mas mal sabem que a Princesinha do Nordeste possui belezas incríveis que garantem que todos os visitantes vão querer voltar.

Booking.com

Aracaju é um dos destinos mais baratos do país e está entre as 5 capitais mais baratas do Brasil, ou seja, além de ser uma cidade lindíssima, é um destino bastante econômico se comparada a outras viagens domésticas. 

A capital Sergipana é apontada como a cidade com os hábitos de vida mais saudáveis do país e exemplo nacional na consideração de ciclovias nos projetos de deslocamento urbano, ou seja, Aju é tudo e um pouco mais, é a cidade do nordeste menos populosa e possui menores índices de desigualdade social se comparada as outras capitais vizinhas, além de tanta beleza e cultura quanto as outras.

Orla de Atalaia

Atalaia é a principal praia de Aracaju, e se for visitar a capital, é uma atividade praticamente obrigatória em seu roteiro. Considerado o cartão postal da cidade, a praia de Atalaia é a mais famosa e movimentada do litoral sergipano, é na orla de Atalaia que pode-se encontrar os melhores bares, restaurantes hotéis e uma infinidade de estabelecimentos, também há muita coisas para fazer e visitar pela bela e bem estruturada orla, como aproveitar as quadras de tênis, da um passeio pela passarela do Caranguejo, tirar fotos nos Arcos da Orla de Atalaia, visitar o Oceanário e a sede do projeto TAMAR, ver o Monumento a Personalidades Nacionais, o Farol da Coroa do Meio, além de toas essas atividades a orla também possui um parque infantil, fonte luminosa com balé das águas, lagos, espaço para a prática de esportes radicais, Delegacia de Turismo e o Centro de Arte e Cultura J. Inácio.

Parte da Orla de Atalaia (Foto: Reprodução)
Parque Infantil – Orla de Atalaia (Foto: Reprodução)
Arcos da Orla de Atalaia (Foto: Reprodução)
Passarela do Carangueijo (Foto: Reprodução)

É na Orla de Atalaia que está instalada uma base do Projeto TAMAR, funciona no Oceanário, dependendo da época de sua viagem, poderá participar da soltura de tartarugas-marinhas.

Soltura de filhotes de tartarugas-marinhas (Foto: Projeto TAMAR)
Museu da Gente Sergipana
Sob a responsabilidade do Instituto Banese, o Museu da Gente Sergipana possui um grande valor cultural e histórico, mistura folclore, símbolos, natureza, arte, história, culinária, festas e costumes à disposição em linguagens tecnológicas modernas, com guias capacitados e com espaços onde o visitante conhece o estado com interatividade e auxílio da tecnologia. O museu fica no centro de Aracaju, em um antigo casarão onde antigamente funcionava o Colégio Atheneu D. Pedro II.
Museu da Gente Sergipana (Foto: Reprodução)
Museu da Gente Sergipana (Foto: Reprodução)
Centro Histórico de Aracaju

O Centro de Histórico de Aracaju é passagem obrigatória para quem quer conhecer a história da cidade, tem muita coisa pra fazer por lá e é tudo muuuuuito perto. Tudo é perto em Aracaju. O passeio ao centro histórico é espetacular, cercado de riquezas históricas, gastronômicas e arquitetônicas, dar uma voltinha pelo centro histórico é esperar ver antigos casarões, praças, museus, palácios, comércio popular e mercados a céu aberto.

Centro Histórico de Aracaju (Foto: Reprodução) 
Mercados Municipais

Aracaju possui três mercados municipais, cada um diferente do outro e com diferentes funcionalidades:

  • Antônio Franco, foi construído em 1926 e comercializa artesanatos, entretanto, também há inúmeros restaurantes com comidas típicas e música ao vivo, possui um singular relógio no centro;
  • Thales Ferraz, construído em 1948 serve como centro comercial de especiarias gastronômicas regionais, como tapioca, o beiju, o saroio, o pé-de-moleque, o mel, queijos, biscoitos, doces caseiros e castanhas;
  • Albano Franco, esse mercado vende quase tudo, vai de carnes, peixes, catados de caranguejo, siri, aratu à temperos e hortifrutigranjeiros, confecções, calçados e eletroeletrônicos.

Além dos mercados, as áreas que os cercam apresentam diversas atividades abertas, como literatura de cordel, roda de capoeira, música popular, forró pé-de-serra, ervas medicinais.

Mercado (Foto: Reprodução/ G1)

 Aracaju é uma cidade lindíssima, com uma cultura singular e com um povo caloroso, existem muito mais atrações na cidade do que apenas essas, praias maravilhosas, de areia branquinha e águas pacíficas, museus recheados de histórias locais, só de olhar dá aquela vontade de visitar e sentir o calor de toda aquela humanidade sergipana.

Quer dar um pulinho em Aracaju? Faça um roteiro conosco!

Por Lorena Christine – Redatora de conteúdo